Só sei que não sei.

No hemisfério sul, atualmente, a primavera inicia-se em setembro, o verão em dezembro, o outono em março e o inverno em junho. Porém essas estações só estão bem definidas na Região Sul e Sudeste. Na Amazônia não há variação climática significativa. No Norte e Nordeste do Brasil ou ocorre chuva ou a seca.

Alguns de nós pode achar que não existem as quatro estações em determinadas regiões, isso aparentemente está correto, porém, as Leis Universais existem na intimidade das coisas. Os elementos da natureza nos deixam bem patentes as variações climáticas em qualquer região do planeta. O passo-a-passo: nascimento, crescimento, fruto, colheita, armazenamento.

O vento em nosso planeta é o ar em movimento, é provocado pela diferença da pressão atmosférica e da temperatura e o deslocamento ocorre das áreas de alta pressão para as de baixa pressão. As regiões frias têm pressão maior que as áreas quentes e quanto maior for as diferenças, mais fortes serão os ventos.

O calor ou energia térmica assim como o vento é resultado da diferença de temperatura onde a transferência ocorre sempre do corpo de maior temperatura para o de menor temperatura até que atinjam o equilíbrio térmico. A temperatura no caso é a grandeza física utilizada para medir o grau de agitação ou a energia cinética das moléculas de uma determinada quantidade de matéria. Quanto mais agitadas essas moléculas estiverem, maior será sua temperatura.

O que chamamos de frio é a relatividade energética entre dois corpos, o equilíbrio térmico é o ponto onde as temperaturas se igualam cessando a troca de calor, em ambiente aberto a troca de calor existira até que atinja equilíbrio térmico entre o corpo e o ambiente. O nosso organismo procura manter a temperatura do corpo sempre estável, em torno de 36°C, estamos constantemente trocando energia com o ambiente. O corpo humano, na tentativa de atingir equilíbrio térmico, sempre cede calor a um corpo mais “frio” que esteja em contato com ele, ou seja, o calor passa de um corpo para outro em virtude da diferença de temperatura entre eles.

 

Resumindo tudo necessita de movimento de Variação, se há variação na pressão atmosférica temos o vento se variação na temperatura temos o calor quando não a variação temos o equilíbrio.

Sabemos que a Natureza não da saltos, diariamente observamos o sol surgir e elevar a temperatura até o ponto de pico da estação do ano e depois decair na aurora passando, durante o dia, as fases de frio, morno, quente, ameno voltando ao frio.

O homem passa pelas fases da infância, adolescência, adulta e velhice.

O ano tem as 4 estações: primavera verão outono inverno.

Na plantação temos, o florescimento o fruto a colheita e o armazenamento.

 

O corpo humano segue essas mesmas variações no dia a dia e durante as estações de modo que sua energia é minima à meia noite, cresce e exterioriza-se ao amanhecer chega ao máximo ao meio dia, decresce ao entardecer e volta a ser minima à meia noite. Assim o homem prepara seu trabalho no amanhecer produz esse trabalho ao meio dia vê os resultados no fim da tarde e volta a planejar o trabalho para o dia seguinte.

Desse modo a energia do homem esta florescendo na primavera da vida que é a infância, da seus maiores frutos no verão que é a adolescência, o auge da energia, tem seus resultados ou colheita no outono da idade adulta e seus resultados são armazenados na maturidade do inverno da vida que protege o reinicio  da vida abrigando a semente que é a criança.